• Renan Santos

Resiliência no seu negócio

Atualizado: 2 de Set de 2019

Saaalve galera, tudo bom com vocês?


Aqui no blog já fiz um artigo onde explico de forma clara e objetiva sobre a resiliência, o Tripé da Evolução e ainda dou algumas dicas de como desenvolvê-la em você. Se ainda não leu é só clicar aqui.


Dessa vez vou tratar novamente sobre o mesmo assunto, porém com foco nos negócios e organizações. Assim de forma mais profunda e detalhada apoiarei você que é líder ou empresário a ter um novo ponto de vista sobre a sua empresa.

Aprofundando um pouco mais no conceito de Andrew Cooke e no Tripé da Evolução, há dentro da Flexibilidade, Adaptabilidade e da Aprendizagem, outras sub-divisões que são de extrema importância dentro de uma organização. Vamos então destrinchá-las a seguir e deixar alguns questionamentos para reflexão.


Conceitos da Flexibilidade

Elasticidade: quão facilmente você consegue expandir um seguimento do seu negócio ou expandi-lo como um todo, em novos territórios ou nichos? E comprar outras organizações? Quão expansível é o seu negócio?

Alternativas: há muitas maneiras pelas quais você pode alcançar o mesmo resultado ou está preso a uma ou apenas algumas maneiras?

Intercambiabilidade: dentro da sua organização é possível fazer movimentações de funcionários ou processos e ainda assim conseguir manter os mesmos resultados ou até melhorá-los?


Conceitos da Adaptabilidade

Reusabilidade: suas pessoas, processos e ativos essenciais podem ser usados ​​para produzir diferentes resultados com pouca ou nenhuma dificuldade? Por exemplo, uma empresa de consultoria pode reutilizar muitas de suas pessoas, processos e ativos existentes na entrega de um novo serviço. No entanto, a linha de produção da fábrica da Boeing só pode produzir aviões da Boeing, ela não pode produzir outros produtos sem mudanças significativas em pessoas, ativos e processos.

Velocidade: com que rapidez sua empresa ou equipe consegue passar da produção atual de um produto específico que gera um resultado, para o desenvolvimento e produção de um novo produto e conseguir manter o mesmo resultado?

Capacidade de mudança: quão preparado e capaz é o seu pessoal para fazer as mudanças necessárias?


Conceitos da Aprendizagem

Medição: até que ponto você é capaz de quantificar ou qualificar as mudanças que ocorreram, suas implicações e os resultados associados? Você consegue identificar onde o maior impacto, positivo ou negativo, foi realizado?

Aplicação: você pode determinar claramente onde as lições aprendidas podem ser aplicadas? Você entende o que causou o problema e como ele foi resolvido, ou onde e como a oportunidade foi capitalizada?

Antecipação: quão bom você é em poder replicar ou evitar as lições aprendidas? Por exemplo, se você tem uma consultoria de engenharia que tentou entrar em um novo mercado e não conseguiu alcançar o sucesso, pode identificar o por quê? Foi a falta de um parceiro local? Diferenças culturais? Incapacidade de desenvolvimento? Em uma nova oportunidade, conseguirá antecipar esses impeditivos?

A resiliência é exatamente a intersecção desses três recursos que acabamos de nos aprofundar.


Você pode pensar que consegue tem resiliência em sua organização utilizando apenas dois dos itens. Vamos analisar algumas possibilidades?


Flexibilidade e Adaptabilidade: você pode enfrentar o desafio a curto ou médio prazo, mas a sua incapacidade de aprender e aplicar de acordo com sua experiência significará que você será ultrapassado pela concorrência e rapidamente se tornará irrelevante.

Adaptabilidade e Aprendizagem: você pode diversificar em outras áreas, mas você dificilmente chegará na liderança do seu mercado pois a sua flexibilidade de entrega como empresa estará limitada apenas a algumas alternativas. Você corre o risco de ser superado pelos concorrentes e ser um seguidor do mercado em vez de um líder.

Aprendizado e flexibilidade: você é eficiente em operar em seu nicho específico, mas é como um atleta velocista que tem eficiência em apenas um tipo de prova, assim estará à mercê das pressões da indústria. Você é mais reativo do que proativo, e sua capacidade de se diversificar, crescer e disseminar, é fraca.


Aproveite que chegou até aqui na leitura, e faça uma avaliação do seu negócio. Dê notas de 1 à 10 para cada uma das áreas, sendo notas de 1 à 5 muito baixo e de 6 à 10 você pode melhorar ou está ótimo.

Quais são as áreas mais fortes e mais fracas? Como você pode alavancar seus pontos fortes para compensar suas áreas mais fracas e reduzir os riscos e implicações associados? Você é realmente tão resiliente quanto você pensou?


O coaching certamente pode te apoiar muito no desenvolvimento da resiliência ou de outros recursos fundamentais para a evolução e alcance da sua organização. É através de perguntas poderosas como essas, que alcançará resultados extraordinários.


Comente aqui o que você achou e compartilhe seu ponto de vista comigo. Eu com certeza vou adorar refletir junto.


Forte abraço e lembre-se: Seja Causa da sua transformação!

42 visualizações

DESENVOLVIMENTO PESSOAL E PROFISSIONAL

Se inscreva e receba conteúdos para você descobrir como transformar a sua vida em uma constante realização!

+55 (11) 96204-1962

Campo Limpo Paulista - SP - 13232-100

CONECTE-SE CONOSCO

  • Facebook
  • Instagram
  • LinkedIn
  • Youtube

© 2023 by Naomi Rhyme.